Lançamentos - Análise de Senecavirus A ou Seneca Valley Virus (SVV) e Kit NewGene SVVAmp Simbios Biotecnologia

Lançamentos - Análise de Senecavirus A ou Seneca Valley Virus (SVV) e Kit NewGene SVVAmp

Senecavirus A ou Seneca Valley Vírus (SVV)


O Senecavirus A, ou Seneca Valley Virus (SVV), é um vírus de RNA que pertence ao gênero Senecavirus da família Picornaviridae. Resiste bem ao meio ambiente e a via de transmissão é fecal-oral, mas faltam informações epidemiológicas suficientes.

Este agente causa uma doença vesicular em suínos, apresentando lesões semelhantes a outras doenças como febre aftosa, doença vesicular dos suínos, doença exantemática dos suínos e estomatite vesicular. No Brasil, a infecção por Senecavirus foi denominada como Perdas Neonatais Epidêmicas Transientes (PNET), que é uma infecção generalizada, essencialmente com sinais de diarreia com alta mortalidade em leitões, com aparecimento de lesões vesiculares no focinho e banda coronária dos cascos de suínos adultos. Tudo isto, em um quadro clínico súbito e transiente, ao longo de uma a duas semanas. Desde o surgimento da doença no Brasil, estima-se que cerca de 80% dos criadores de suínos tenham sido afetados. O controle da doença baseia-se na adoção de práticas de limpeza, desinfecção, vazio sanitário e biosseguridade do rebanho.

A Simbios Biotecnologia dispõe agora de serviço de análise molecular por RT-qPCR (Transcrição Reversa seguida da Reação em Cadeia da Polimerase em Tempo Real) para o diagnóstico com alta sensibilidade, especificidade e precisão, para detecção e quantificação do SVV. Os espécimes recomendados são os raspados ou suabes das lesões vesiculares e seu conteúdo (líquido vesicular), além de órgãos como baço, rins, tonsilas, pulmão, intestino e linfonodos. Oferece também, em sua linha de produtos NewGene, todos os reagentes críticos (mastermixes, sonda, primers e enzimas) para que você possa conduzir a análise com robustez e segurança, com o novo kit NewGene SVVAmp, em seu próprio laboratório (confira aqui).

--------------------------------------

EMBRAPA, Perdas Neonatais Epidêmicas Transientes e Doença Vesicular Associada com Infecção com o Seneca Valley Virus (Senecavírus A); Instrução técnica para o Suinocultor; Dezembro, 2015.